Microsoft office per tablet android https://pilloleitalia.net/ tassi di ipoteca rifinanziare wells fargo
 

pilloleitalia.net più alta qualità pillole

MÚSICA

11/11/2012 10:42:54

Um passeio musical pelo Jardim das Horas

Essa banda cearense nos transporta pelo portal do tempo

Por Daniel Ratto

Esse tempo é atemporal, é mágico, musical. É som, melodia, lembranças daquele dia. Rememorar o tempo futuro do passado distante. Viajar pela voz de Laya nas esferas translúcidas de letras melancólicas. É o tempo dos climas produzidos pelo Carlos Eduardo Gadelha, de nos trazer a verve alucinógena dos desejos mais profanos.

 

                                 Raquel Espirito Santo

 

“Expansão” dos sentidos diz que um novo tempo vem chegando. Das horas nos jardins existenciais, dos dilemas insolúveis. Ficamos presos nesses mistérios até que o encontro se torne “Viciante” como uma trilha sonora de um filme dos anos 50. Como as cenas dramáticas de um amor perdido pelas contradições dos ventos que chegam.

Eis que me vejo entre “O Tempo e a Rosa” buscando os portais insólitos nas dunas da Praia do Futuro. Guitarras tristes gritam, atrás do amor verdadeiro. Um suspiro alto nas “Priscas Eras” e estou no Blue Note, ouvindo uma diva do jazz. Então, aproveito e tomo meu whisky, e suas asas não serão necessárias pois agora temos notas musicais mágicas que nos transportam por entre mundos.

 

                                 Renato Reis

 

“Se algum de vocês é capaz de me desequilibrar” do mundo estático em que estamos. Das sonoridades latentes existentes na obscuridade industrial mercadológica. De nos trazer a psique fantasmagórica dos talentos esquecidos no limbo do universo independente. Alguém seja capaz de nos balançar por amor! Alguém nos tire do marasmo!

De repente fui à Jamaica levado inconsciente pela voz lânguida que disse para não me aproveitar de sua fraqueza, fiquei sob a luz que aumentava e me confundia nesse reggae jazzístico. Portas da percepção se abriram quando em movimentos “Circulares” me vi num quarto, ela chovendo em nuances surreais. Dentro de mim mesmo fiquei... Além da realidade.

 

                                 Renato Reis

 

Nesse rock “Anoiteço” nas alturas noturnas pensando coisas difusas ao alcance do meu olhar, sinto a qualidade real da banda Jardim das Horas. Esse caminho leva invariavelmente “Do Quarto pro Jardim” onde a poesia está viva, vivendo, sendo! Entendendo os caminhos do mundo.

“Caminhando com a bondade” percebo a força do amor dessa mulher quando o canto voa de suas cordas vocais e se encontra com a musicalidade de seu homem. E que o grupo mimetiza, uníssono, em algo maior. 

 

Confira o clipe de 'Anoiteço':

 

 

Mais sobre a banda em: www.ojardimdashoras.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


blog comments powered by Disqus


2016

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Julho
Setembro
Novembro

2015

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Outubro
Novembro
Dezembro

2014

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Dezembro

2013

Janeiro
Fevereiro
Março
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro

2012

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro





Política de Privacidade | Sobre | Anuncie | Contato | Copyright © 2017 culture-se - Todos os Direitos Reservados.